quarta-feira, 9 de agosto de 2017

MORRE MÁRIO MOREIRA DO BOI FLOR DO CAMPO

Mário Rodrigues Moreira, 83 anos, funcionário público federal aposentado (FUNASA), esposo de Dona Georgina Ramos da Costa, fundadora do Boi Flor do Campo, faleceu hoje, 9, por volta de cinco horas da manhã, em sua residência, no bairro Tamandaré, em Guajará-Mirim.

Segundo informações da família, seu Mário já vinha com seu estado de saúde bastante debilitado, mas que ao deitar ontem, ainda conversou com a esposa e sua filha, responsável pelos cuidados do casal.

O corpo foi removido da residência da família por volta das 9 horas da manhã, por argente funerário, para providencias necessárias.

O velório acontecerá na residência da família, localizada na Av. Madeira-Mamoré, 703, Tamandaré.

sexta-feira, 21 de julho de 2017

O DIREITO ESTÁ MORTO?

Charge de Vítor Teixeira (colhida na internet)
Se você é daqueles que está achando grande o tamanho do estrago que Moro fez ao Direito, à economia, à cidadania e à democracia do país, então prepare seu espírito para futuro ‘tenebroso’.

Se multiplicarão, em futuro próximo, filhotes de ‘Moro desmiolados’, de ‘Janaína Pascoal pomba gira’, de ‘Gilmar Mendes cínico’, de ‘Rosa Weber da literatura permissiva’, forjados em ‘faculdades meia sola’ de direito espalhadas país afora. Crescerão como erva daninha nas plantações viçosas, avançarão como pragas de gafanhotos famintos sobre a grama verdejante. Futuros profissionais mambembes que viram nos modus operandi do direito de Moro, de Janaína e companhia, uma janela, um atalho, uma oportunidade ímpar para o sucesso instantâneo. Suas práticas desviarão da Ciência do Direito (conjunto de normas jurídicas vigentes em um país), atalharão a verdade, para se encontrar com as sedutoras luzes da ribalta Global, com o delírio da fama, dos fãs clubes com centenas de milhares de seguidores e com a inebriante posição pop star, conquistada só por grandes ídolos do cinema, da música e do esporte.

Basta uma rápida olhada nas redes sociais para qualquer cidadão, com o mínimo de visão e senso crítico, constatar legiões de alunos de direito, empolgados aplaudindo o juizeco-herói que caga sobre a Carta Magna e vomita sentenças ao sabor de suas convicções pessoalíssimas e partidarizadas, eivada de ódio ideológico, para condenar adversários políticos; graduandos de direito encantados com as opiniões e sentenças de um Gilmar Medes ou de Rosa Weber da vida.

Não tenho prova cabal contra Dirceu, mas vou condená-lo porque a literatura jurídica me permite”, Ministra Rosa Weber, no espetáculo do Mensalão. Será esta uma peça-sentença de ficção científico-literária? Assistimos estarrecidos este mesmo Supremo elogiar a carreira política, negar prisão e devolver o mandato de Senador a Aécio Neves, flagrado em prática de corrupção: o Ministro Marco Aurélio descreveu Aécio como alguém com "fortes elos com o Brasil" e "carreira política elogiável".

Aqui nem vou relatar sobre as peripécias ilegais do Juiz Sérgio Moro para condenar Lula, usando e abusando de sua autoridade, rasgando a Constituição e criando atalhos jurídicos obscuros, ao arrepio da norma estabelecida e ao seu bel prazer, para asseverar pena ao réu nine (nove dedos), como Moro costuma tratar o ex-presidente Lula em bastidores.

Desconfia das minhas afirmações? Tens razão, afinal sou leigo na seara do direito e minhas humildes opiniões tateiam terreno pantanoso do jurídico partidarizado do Brasil pós golpe.

Falando mais especificamente daquilo que pretendo, é só pesquisar e constatar opinião de alguns alunos de direito, turma finita, do Campus da Unir de Guajará-Mirim, postadas em redes sociais. É de deixar os cabelos em pé, inclusive dos carecas. Não vou fulanizar para evitar processos e ser condenado por convicção.

Não são fãs somente de Moro, Gilmar Mendes, Janaína Pascoal, Rosa Weber, dentre outros. São também seguidores de Bolsanaro, das novelas da Globo e das ‘verdades’ do JN. Defendem as reformas trabalhista e previdenciária (mesmo tendo pai e mãe idosos), discursam em favor da escola sem partido, sem filosofia, sem artes, sem educação física e sem pensamento crítico, além defender, intransigentemente, a militarização do ensino, dentre outras pérolas (mamorenses, claro).

Não são todos, obviamente. Tem luz aí, no final do túnel 425.

O Direito (enquanto um ramo das ciências sociais que abriga as normas obrigatórias que controlam as relações dos indivíduos em uma sociedade), está morto no Brasil?

A julgar por algumas opiniões de graduandos de direito do campus de Guajará-Mirim da Fundação Universidade Federal de Rondônia (UNIR), que seguem a pedagogia da Republiqueta Coaclense de Curitiba, de onde vejo, o Direito aqui estudado está mortinho, mortinho da Silva. Já foi até enterrado junto com a democracia.

O falecido só não foi sepultado no Cemitério Municipal Santa Cruz da Pérola do Mamoré - morada final em completo abandono e entulhada de lixo -, por absoluta falta de espaço em referido ‘campus’ santo.

Resumo da ópera: é um Direito finito mesmo, como a própria turma. Fim.

Ps: Depois destas modestíssimas linhas, que entendo ser uma humilde contribuição à reflexão de todos, acho bom esticar o lombo e entregar às varas, quiçá, me preparar para enfrentamento de ação impetrada por graduandos (não citados), ofendidos, convictos, partidarizados e ideologicamente situados à direita, defensores desta ciência moribunda a serviço da casa grande.

quinta-feira, 20 de julho de 2017

NÃO SEI ONDE ENFIAR MINHA CARA DE PETRALHA

Lula oculta parte de seu patrimônio dentro de um isopor
Tantos anos votando, defendendo e brigando pelo PT. Jamais imaginei que um dia sentiria tanta vergonha de ser petista. Vergonha de ter votado e pedido voto, em duas campanhas presidenciais, paro o fdp do Lula. Estou envergonhado.

O Lula tem 40 anos de militância na política; foi deputado federal por um mandato; o Lula tem dois mandatos de presidente da república – por 8 anos, o Lula comandou a sétima maior economia do planeta; e quase foi Ministro-chefe da Casa Civil no governo Dilma.

Aí o Juiz Sérgio Moro manda sequestrar os bens de Lula. Quando eu vi o patrimônio do companheiro, juro, minha cara rachou de vergonha. Em toda sua vida, Lula acumulou como patrimônio: 03 apartamentos – que já possuía antes de ser presidente da república, inclusive estando declarados no imposto de renda de 2002; 01 terreno; 01 camionete Ford F-1000, ano 1984 – de tão ‘velha e sem valor’ que o juiz não aceitou; 02 pedalinhos – também não aceitos; 01 canoa – também não aceita; 04 contas bancarias que, somadas, totalizam pouco mais de 606 mil reais.

Isto é uma humilhação pra esquerda brasileira.

O pior de tudo é ter que aguentar coxinhas ‘zuando’ com minha cara. Sabendo que sou petista, comparam o patrimônio de Lula com os panos de bunda de Aécio Neves, Eduardo Cunha, Michel Temer, Sérgio Cabral, Anthony Garotinho …

Gente, até o Michelzinho, em uma única conta bancária, tem muito mais dinheiro que Lula em todas as suas contas!

Esse Lula me mata de vergonha. Não sei onde enfiar minha cara.

terça-feira, 18 de julho de 2017

“O MEU BRASIL VERDE E AMARELO” JÁ VOLTOU

(imagem da internet)
Durante os 8 anos de governo FHC-PSDB e de política econômica neoliberal, de 5 em 5 minutos uma criança morria de fome no Brasil. Era o Brasil de milhões de trabalhadores desempregados, de famílias famintas, de salário-mínimo corroído pela inflação e de criança pobre sem futuro.

Em 2013, a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) informou ao mundo que o Brasil havia reduzido a pobreza extrema em 75%, entre os anos de 2001 e 2012. Um grande e inacreditável feito dos 13 anos dos governos progressistas de Lula-Dilma e de suas políticas sociais, particularmente dos programas Bolsa Família e Fome Zero.

Após um ano do governo golpista PMDB, PSDB, DEM, PP, a ONU anunciou que o Brasil voltou para o Mapa da Fome, graças ao projeto de político ‘Uma Ponte Para o Futuro’ capitaneado por Temer. A ‘Ponte de Temer’ nada mais é que o retorno, via golpe parlamentar-midiático, ao famigerado projeto econômico neoliberal da era FHC-PSDB, década de 90, período em que de 5 em 5 minutos uma criança morria de fome no Brasil.

(imagem da internet)
Voltamos ao Brasil da senzala, da fome, de milhões de brasileiros que nada possuem: nem sonhos. Retornamos ao projeto de Brasil ditado pelo capital internacional e excludente, imoral proposta derrotada nas urnas e nas últimas quatro eleições presidenciais. É a volta ao projeto tucano de Brasil que mata uma criança de fome de 5 em 5 minutos, agora em nova roupagem: Temer-Meirelles, porém com a perversidade multiplicada contra trabalhadores, os mais pobres, os historicamente excluídos e os aposentados.

Patos e paneleiros, vistam seus kits CBF, criem uma dancinha de passinhos bem coreografados, pintem os rostos nas cores nacionais e ocupem a avenida paulista, em São Paulo e, em Guajará-Mirim, a Avenida XV de Novembro, para agradecer o retorno ao Brasil do passado.

Você pediu e o Brasil da fome e das injustiças sociais já voltou e é uma triste e ignorante realidade para os mais pobres.

E voltou melhorado na maldade: sem CLT, com menos investimentos em saúde, educação, assistência social, congelamento de salários dos trabalhadores, com terceirização ampla e irrestrita, além de milhares de obras de infraestrutura paralisadas e milhões de desempregados.

Ah, pra comemorar, não esqueçam o nariz de palhaço, combina muito bem com você. Parabéns!

quinta-feira, 29 de junho de 2017

O BRASIL VAI PARAR. E GUAJARÁ?

Centrais sindicais e movimentos sociais convocaram para esta sexta-feira (30), mais uma Greve Geral. É a segunda grande Greve Geral que acontece este ano contra as reformas da Previdência e Trabalhista, tramitando no Congresso Nacional. O Brasil paraliza também pela revogação da Lei das Terceirizações e para exigir a saída do Michel Temer da presidência da República.

Alunos do IFRO-GM (imagem internet)
Em Rondônia, além da capital, Porto Velho, categorias trabalhistas de diversos municípios do Estado já aderiram ao chamamento das centrais sindicais (CUT, UGT, CTB e Força Sindical), que estão no comando das manifestações desta sexta-feira: bancários, eletricitários da Eletrobrás, Eletronorte e Ceron, professores e o judiciário federal e estadual.

Qual é a agenda de Guajará-Mirim na Greve Geral?

A Pérola do Mamoré tem uma economia que é movimentada, sobretudo, por contracheques de servidores das esferas federal, estadual e municipal. Dois grandes sindicatos têm seccionais no município: SINTERO e SINDSEF, além do SINSAG (Sindicato Dos Servidores Públicos Municipais de Guajará-Mirim).

Na mídia local da Pérola do Mamoré, até o momento, nenhuma convocação ou divulgação de uma agenda com atividades conclamando a população a aderir à Greve Geral, por parte de qualquer sindicato ou de lideranças do movimento social, o que é de se lamentar, uma vez que as reformas trabalhistas atingem a todos e, de forma muito incisiva, os servidores públicos.

Contudo, se trabalhadores e trabalhadoras, ativistas de movimentos sociais e donas de casa desejam aderir à Greve Geral, de alguma forma, segue sugestão das centrais sindicais:

Recomenda-se, excetuando casos de urgência, não ir a nenhum supermercado, farmácia, padaria, açougue, restaurante, comércio, shopping, lojas, bancos, lotéricas, academias, escolas, universidades, ou cursos de qualquer espécie. Também não marcar consultas para essa data, não abastecer seu veículo, não comprar nenhum móvel, eletrodoméstico, eletrônicos.

LILIAN FERREIRA TOMA POSSE COMO PRESIDENTA DO PT DE GUAJARÁ

Profa. Fátima Frasão empossa Profa. Lilian Ferreira
A Professora Lilian da Silva Ferreira tomou posse no início da noite desta quarta-feira (28) como presidenta do Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores em Guajará-Mirim, ao lado dos demais membros da nova Executiva Municipal e da nova diretoria.

Lilian Ferreira assume o PT perolense com a missão de alavancar o processo de fortalecimento do PT, alicerçado nos princípios de inclusão, da justiça e da igualdade para todos, para que a legenda ganhe forças e esteja fortemente preparada para batalha eleitoral de 2018.

Nova Diretoria Executiva PT-GM
Lilian comunicou aos presentes que a cerimônia de posse que acontecia naquele momento se fazia necessária enquanto atitude protocolar, mas que em outra oportuna a nova diretoria realizará ato simbólico de posse social e popular, com a participação de representantes das legendas partidárias em atuação no município, dos poderes executivo e legislativa municipais, da militância petista e da sociedade civil em geral, ocasião em que serão apresentadas as diretrizes e objetivos de sua gestão.

quarta-feira, 28 de junho de 2017

PMDB-PSDB: UMA MORTE ANUNCIADA

"Pode, sim, haver corrupção, mas o que a Procuradoria-Geral da República (PGR) apresentou ontem seguramente não contém provas necessárias e suficientes para a condenação de um presidente da República". É o que diz a nota emitida pelo Instituto Teotônio Vilela, o braço de formação política dos tucanos.

O instituto é dirigido pelo guajaramirense José Aníbal, ex-senador (PSDB-SP), que com esta nota anuncia a permanência ao lado de Temer e, por conseguinte, a morte, abraçados, do PSDB-PMDB e de Temer-Aécio.

Durante o processo de impeachment, Aécio Neves, presidente nacional afastado do PSDB, senador suspenso pela legenda tucana de Minas Gerais, corrupto contumaz denunciado em inúmeros processos, articulou, apoiou e pagou advogados para levar a cabo o impeachment da presidenta Dilma Rousseff, que não cometeu crime.

O tucanato entendeu - naquele momento - ser necessário sacrificar Dilma, em nome da estabilidade política  e econômica do país, além de por fim à corrupção petista.

O processo de impeachment foi executado em associação criminosa com o ex-presidente da Câmara, ex-senador Eduardo Cunha (PMDB-RJ), hoje preso por corrupção.

O PSDB, sócio do golpe e do governo Temer, hoje defende manter-se ao lado do presidente denunciado por corrupção, justificando que ficar com Temer e sua quadrilha é um bom negócio para estabilidade de nossa economia e é bom para democracia.

O PSDB afunda com Aécio, Temer e PMDB. São mortes anunciadas e dias contados.